Frentes Antigas


Conheça aqui algumas das frentes que já passaram pelo PET em educação popular.

Os resultados obtidos são construções e dinâmicas de um grupo crítico, atuando dentro e fora da universidade em frentes de trabalho envolvidas com diversos segmentos da sociedade na Baixada Santista:

● O cursinho popular Cardume possui 120 estudantes
, têm possibilitado o ingresso de jovens e adultos nas Universidades Públicas e em Programas de bolsas em Universidades particulares através do ENEM, e tem estimulado a construção crítica do conhecimento e o acesso aos diversos direitos.

● A frente Concretude através de rodas de conversas, promove diálogos com adolescentes secundaristas abordando temas referentes às suas subjetividades e a realidade em geral na constituição da sua identidade e definição de suas trajetórias educativas.

● A frente Corpo, Cultura e Comunicação
foi responsável pela divulgação dos trabalhos construídos pelo grupo através de diversas mídias, como Blogs, folhetins e redes sociais. Além disso, realizou rodas de conversas, teatro, fórum, oficinas e exposições abordando a questão do corpo socialmente construído e a diversidade de gênero.



    1) EDUCAÇÃO POPULAR E SAÚDE;

    2) EDUCAÇÃO POPULAR E JUVENTUDE;

    3) EDUCAÇÃO POPULAR E DIREITOS HUMANOS;

    4) EDUCAÇÃO POPULAR E DIREITO A EDUCAÇÃO;

    5) EDUCAÇÃO POPULAR E COMUNICAÇÃO.

    A Frente de ação Educação Popular e Saúde desenvolve ações junto aos sujeitos portadores do vírus HIV em tratamento na SECASA - Seção Casa de Apoio e Solidariedade ao Paciente com Aids/Santos. Participação e Fortalecimento do Fórum Popular de Saúde da Baixada.

    A Frente de ação Educação Popular e Juventude realiza atividades formativas lúdicas nos espaços públicos e na Universidade para abordar a temática juventude e os direitos humanos numa perspectiva de classe, gênero e etnia. 

    A Frente de ação Educação Popular, Corpo, Cultura e Comunicação vem realizando atividades formativas e intervenções nos espaços públicos e na Universidade para provocar reflexões sobre os direitos humanos, corpo e cultura. 

    A Frente de ação Educação Popular e Direito a Educação se dá na efetivação do cursinho popular na Unifesp, com aulas de redação e ciências humanas pautadas na concepção de educação popular.

    A Frente de ação Educação Popular e Comunicação atua na elaboração de mídias e meios alternativos para divulgação, informação, sistematização e articulação de experiências na perspectiva da educação popular.